E é isto.

"E é isto. Não posso. Não posso deixar de te amar. Não é escolhido. Não é imposto. Não é forçado. Apenas não sei e não consigo. E não quero. Sem birras. Sem paranóias. Sem cobranças ou jogos de poder.

Ensinaste-me o que é amar. Ensinaste-me o que é querer ter alguém ao meu lado. Mostraste-me o que é amar alguém como uma extensão de mim mesma. Aprendi contigo a viver a vida vista com outros olhos. A saborear o tanto que ela afinal nos dá. Conheci o teu beijo e percebi que nenhum outro tem o mesmo sabor. Que o teu abraço se encaixa no meu corpo e me faz inteira.

Aprendi. Conheci. Cresci.
Contigo. E só contigo.

Amo-te.
E é isto."

de Rita Leston in ' Gosto de ti, e então? '


Boa noite . . .

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Ela.

Sinto falta...