Algo me diz que abrias...

"Seis da tarde. Apetece-me ver-te. Decididamente não te vou avisar que estou a caminho. Subo até ao terceiro andar. Abres-me a porta e os teus olhos tudo dizem. Mesmo que quisesses disfarçar era-te impossível. Eles não mentem. São transparentes, não são como tu que tudo me tentas esconder.

- Tu?
- Apeteceu-me ver-te, nada mais.
- .....
- Não quero sequer falar contigo. Só fazer uma coisa rápida.
- ....

E enquanto, num misto de incredulidade e estupefacção, tu me olhavas, sem te dar tempo de reacção, dirigi-me a ti e dei-te um beijo. Assim, sem mais. Um único beijo e voltei a descer calmamente.

Só queria saber se ainda me sabias ao mesmo.

E se eu hoje te aparecesse à porta? Abrias?"

de Rita Leston in ' Gosto de ti, e então? '

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Ela.

Sinto falta...